3 de junho de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Primeiras Impressões | The Boys retorna devagar, mas perturbador

3 min read
The Boys terceira temporada

Uma das séries mais eletrizantes e impactantes da atualidade, The Boys chegou a Amazon Prime Video já com os três primeiros episódios disponíveis. Prometendo ainda mais sangue e violência, esse novo ano acumula expectativas quanto ao elenco, narrativa e adaptação dos momentos mais bizarros da HQ.

Após o fim da segunda temporada em 2020, a produção da série logo confirmou sua renovação e novidades foram surgindo, mesmo sem uma data de lançamento claramente definida. A cada notícia divulgada, maior a fomentação em torno do que aconteceria. Em paralelo a esse novo ano, novas narrativas foram criadas e o lançamento das histórias animadas de Diabólico, em março desse ano, trouxeram contos fora do núcleo principal da série, mas que ainda compreendiam todo o universo The Boys, com a promessa de trazer elementos canônicos para o terceiro ano da série oficial.

The Boys banner
“Os sete” – heróis não tão supers da série

E, com o fim da espera, fica a curiosidade e anseio para que a série cumpra com o que prometeu e entregue aos fãs, o que eles querem ver.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES (SPOILER ALERT!)

O primeiro episódio desse novo ano soa muito condescende e leva o espectador a beira da frustração, mas logo recupera seu passo e justifica suas escolhas. Mesmo que não tão violento ou sangrento quanto costuma ser, o episódio não deixa de entregar seus momento perturbadores, como um casal de super e humano, que durante uma “brincadeira sexual”, o super mata acidentalmente seu parceiro, explodindo-o de dentro para fora. TRIPAS EVERYWHERE!

Fora isso, o episódio apresenta um Homelander mais contido e “controlado”, e as coisas parecem estar na linha. A relação entre Hughie e Starlight esta mais forte e pública do que nunca, enquanto a super ganha cada vez mais destaque e influência entre os sete e a Vought – para desespero e fúria de Homelander, Hughie parece se encontrar no mundo político como intermediário da causa de controle dos supers e braço direito da política Victoria. Enquanto isso, no núcleo dos desajustados, Butcher parece tentando se conformar com sua nova função de controlador de supers, dividindo-se com essas obrigações e visitas ao pequeno Ryan.

Toda essa primeira parte do episódio e narrativa é inquietante e curioso, pois sabendo-se do perfil do programa, espera-se que algo caótico aconteça e que tudo isso mude. E ele não decepciona!

Já no fim do primeiro episódio, Hughie descobre a verdade sobre Victoria, que é a responsável pelas mortes nos tribunais e não é tão normal quanto parece. Além de trazerem um diálogo peculiar entre Butcher e Homelander, onde ambos selam um acordo de inimigos, que decidem disputar de uma vez por todas quem deve continuar vivo e no controle. E um presente inesperado de Maeve para Butcher, pode transformar esse duelo em algo espetacular: uma versão temporária do componente V que daria a Butcher poderes temporários e seria o equalizador necessário para que ele tenha condições de encarar Homelander.

Com esses desdobramentos se iniciando, a série retorna gloriosamente e salpicada de problemáticas que prometem gerar ainda muita confusão. Para quem vai acompanhá-la, os episódios serão disponibilizados semanalmente, as sextas, na plataforma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.