5 de fevereiro de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Crítica | Através da minha janela: da fanfic ao sucesso

2 min read
Através da minha janela é um romance sensual da escritora venezuelana Ariana Godoy, que foi produzido e adaptado em longa-metragem pela Netflix, sendo lançado nessa sexta-feira (4) como uma das adaptações mais aguardados do ano.
Carente de obras para o público jovem, desde o fim da trilogia A Barraca do Beijo e Para Todos os Garotos que Já Amei, esse longa promete agradar com tudo que um romance improvável tem a oferecer, inclusive cenas picantes.

Um mesmo conto recontado de outra forma

A trama espanhola se passa em Barcelona e conta a história de dois jovens vizinhos de mundos distintos mas que compartilham a vista da janela um do outro. Ares Hidalgo pertence a uma família poderosa, muita rica e influente, enquanto Raquel precisa se dividir entre seus estudos e trabalho. A jovem tem uma certa obsessão por seu vizinho e não a esconde mesmo quando é questionada por ele.
Entre idas e vindas, o casal faz o possível para se manter juntos, contra os conselhos dos amigos de Rachel e os interesses do pai e irmão de Ares.
A narrativa segue na mesma fórmula e problemática encontrada em sua produção “concorrente”, After, que já falamos sobre aqui, jovens protagonistas problemáticos, relacionamentos tóxicos e abusivos, travestidos de romance.

O que se sobressai?

Se a história não consegue achar sua originalidade, a atuação de seu elenco jovem compensa a mesmice. 
Julio Peña traz sua experiência para o personagem principal e apesar da pouca idade — 21 anos — tem uma bagagem de programas e produções televisivas que agregam no resultado de seu papel no longa. 
Já a protagonista Clara Galle é novata nas telas, mas demonstra firmeza e muita dedicação no papel que desempenha e entrega uma personagem determinada e interessante no processo de maturidade e em busca de sua realização pessoal e profissional.

Temos um novo sucesso?

O contraste entre narrativa e atuação é visível, mas consegue ser tolerável a ponto de permitir quem assiste chegar ao fim do filme sem achar que perdeu tempo. O final é previsível e deixa aberto a possibilidade de continuação. Nota 06.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.