29 de março de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Crítica | Bridgerton entrega segundo ato do conto de fadas que se tornou

3 min read

Bridgerton. (L to R) Simone Ashley as Kate Sharma, Jonathan Bailey as Anthony Bridgerton in episode 204 of Bridgerton. Cr. Liam Daniel/Netflix © 2022

O tão aguardado segundo ano de Bridgerton chegou a Netflix, com amor e romantismo de sobra. Lançada com mais 08 episódios, a nova temporada foca sua trama no Visconde e irmão mais velho dos Bridgerton, Anthony e sua busca pela viscondessa ideal.

Simone Ashley, Jonathan Bailey e Charithra Chandran protagonizam o triangulo amoroso dessa temporada

O bem-sucedido primeiro ano, entregou muito além do esperado pelo público e conquistou uma legião de fãs, pelo drama de época que se propõe e  pelo elenco maravilhoso que apresenta. A história do Duque Simon (Regé-Jean Page) e Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor) causou muita comoção aos fãs e uma certa apreensão quando confirmados que não retornariam para a trama da segunda temporada, apenas Phoebe, com aparições esporádicas em alguns episódios.

Contudo, a trama que segue as narrativas dos livros homônimos em que são baseados, adaptou brilhantemente o segundo livro da coleção “O visconde que me amava”, narrando a saga e triângulo amoroso em que o visconde Anthony Bridgerton se envolve ao conhecer as irmãs Kate (Simone Ashley) e Edwina Sharma (Charithra Chandran).

Novos relacionamentos e velhas tradições

Com a trama central bem definida, a nova temporada entrega personagens mais maduros e muitas histórias paralelas para serem focadas em temporadas futuras. A trama e fofocas de Lady Whistledown ficam mais intensas e o cerco de Penelope Featherington (Nicola Coughlan) se estreita, com a rainha e Eloise Bridgerton (Claudia Jessie) cada vez mais perto de descobrir sua identidade. Nesse meio tempo, Penelope tenta mais uma vez se aproximar de Colin Bridgerton, que volta no início da temporada de sua viagem ao redor do mundo.

Penelope Featherington e Eloise Bridgerton

Em outro paralelo, acompanhamos de perto o amadurecimento de Eloise Bridgerton, que é apresentada como dama da sociedade nessa nova temporada, deixando sua mãe esperançosa de que a jovem encontre um pretendente, o que se demonstra quase impossível, devido a rebeldia e espírito feminista da jovem, que encontra em um jovem plebeu seu primeiro interesse amoroso. História essa que é apenas pincelada durante os episódios, alimentando o futuro que pode se desenrolar para ambos.

Se acompanhar as histórias que o público já se acostumou não for o bastante, novos rostos podem trazer mais emoção ainda a história. Com a morte do Lorde Featherington no fim da primeira temporada, seu primo distante recebe seu título e chega com muitas promessas a Londres, para o alívio momentâneo da família. O que logo se aprende nos episódios é que o novo Lorde não passa de um vigarista falido, para o azar e desespero da senhora Featherington. Essa história secundária pareceu interessante a primeira vista, mas o desfecho foi fraco e desperdiçou bons minutos de tela que poderiam ter sido melhores aproveitados contando outros arcos.

Qual o desfecho de tudo isso?

Apesar de tantas histórias paralelas, o que carrega e convence durante todo o tempo é sem dúvidas Anthony perturbado entre cumprir seu dever e seguir seu coração e essa relação traz ótimas referências a obras conhecidas como Orgulho e Preconceito, Shakespeare Apaixonado e, Razão e Sensibilidade. Uma verdadeira seleção de ótimas cenas românticas e até divertidas, conflitando mente e coração. Kate como coprotagonista entrega uma mulher de personalidade forte, determinada a cumprir seu destino e conformada com sua posição a beira da sociedade. Mas a paixão que desperta por Anthony coloca tudo a perder e a história prova mais uma vez, que o coração consegue falar mais alto. Sua irmã Edwina acaba eleita diamante da temporada e chega até o altar com Anthony, mas desiste da cerimônia ao se dar conta do amor entre ele e sua irmã.

Conflitos a parte, o casal consegue por fim encontrar seu felizes para sempre e deixa quem assiste com o coração aquecido e a mente satisfeita pelo conjunto e desfecho da obra. Nota 09 pela capacidade de sustentar um segundo ano tão impecável quanto o primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.