14 de abril de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Critica | Halo: A trama finalmente se desenrola no 4º episódio

5 min read

A série de Halo está se encaixando e colocando todos os pingos nos “I’s”, isso mostra o quão a produção está preocupada em deixar tudo bem claro. Nesse episódio vemos Master Chief redescobrindo seu passado ao lado da Dra. Halsey em Eridanus II, o planeta onde ele viveu quando criança. Cortona que foi o grande destaque do último episódio, o ajuda a mostrar com uma reconstrução visual de como era sua casa no passado, mas o que realmente ele vê não é somente as imagens reproduzidas, mas sim as suas memórias voltando e mostrando todos os acontecimentos daquela época.

Mas o foco maior desse episódio, além das memórias de Chief, é a própria Dra. Halsey, que está um pouco desconfortável com a situação, afinal ela está vendo seu maior produto se afastando dela em nível de ordens de controle, já que ele retirou seu inibidor de emoções. Isso deixa claro que o episódio quer que o público entenda a evolução do protagonista e a perda de controle da doutora.

Um detalhe que tem que ser falado é a qualidade da inércia que a produção colocou na cena onde Chief, com ajuda da Cortona, é mostrada. É incrível como essa viagem ao passado faz com fiquemos vidrados na tela, mostrando a sensação do protagonista com a reprodução como angústia, alívio, alegria, raiva, rancor, amor e inocência, que ele está demonstrando em uma só cena. Isso me deixou muito feliz de assistir, gostei de mais dessa imersão do personagem, deixando ele mais próximo de um ser humano e da real sensação mundana. É o ponto alto do episódio.

Mas o capítulo não foi focado apenas em Chief. Voltando para Madrigal, vemos Kwan Ha e Soren-066, tentando encontrar os revolucionários, mas acaba descobrindo que o povo que lutava ao lado de seu pai se rendeu de vez para a ditadura que Vinsher promovia no planeta. Já no planeta Reache na base militar da UNSC, vemos a Spartan Kai-125 seguindo os passos de seu líder, retirando o chip supressor de emoções e tenta entender o motivo de porque Chief o retirou, e foi momentâneo o sentimento que ela descobriu na retirada dele.

Nesse ponto do episódio, vemos a clareza que a série quer seguir, mostrando que a revolução dos personagens é muito importante para a trama, deixando muito interessante de se acompanhar, tanto agora em Madrigal com Kwan Ha, que até o episódio passado estava bem chato de se acompanhar, mas que agora deu um “hype” a mais para essa vertente da história. A Spartan Kai-125, que após retirar o chip começa a se mostrar muito mais do que um robô pré-definido, e claro, o próprio Master Chief, que tem uma transformação gigante, saindo das amarras da UNSC e da Dra. Halsey e seguindo um caminho para descoberta de sua vida e dos artefatos que tanto o deixa intrigado, fazendo com que ele se torne uma ameaça para os planos da doutora e da própria União.

Mas vamos falar um pouco mais sobre a Spartan Kai-125. Enquanto Master chief está em Eridanus II vasculhando seu passado, vemos sua colega usufruindo de forma diferente das emoções que ela acabou de redescobrir como pintando o cabelo, falando mais abertamente, mostrando mais ímpeto em frente a um superior, dando mais detalhes sobre a diferença entre um soldado humano comum e um Spartan, contando um pouco de seus gostos, algo que ficou muito legal de se ver, quando ela pega uma arma Covenant chamada Needler e explica o funcionamento dela detalhadamente. Ela também começa a ter uma amizade com a filha da Dra. Halsey, a comandante e Dra. Miranda Keyes, onde as duas conversam mais sobre os Covenant e suas próprias vidas.

A série esta seguindo um rumo muito interessante realmente, mostrando algo nunca visto na franquia, sendo simples e de fácil entendimento para o público geral, não jogando tanta coisa em um só episódio, algo que rolou muito no primeiro, mas se concertou com o passar do tempo.

É muito interessante ver o desenrolar desses arcos dentro da série, isso sem contar que não tivemos a aparição dos Covenant e da Abençoada, que estão indo para Madrigal, ou seja, a coisa está se caminhando para algo realmente grande. Mas se vocês acham que os Covenant são a principal ameaça para UNSC, se engana quem acha isso, há também muitos rumores sobre o Flood, uma nova ameaça que pode surgir ainda nessa temporada, mesmo acreditando que será mais para o final da temporada. Podemos estar próximos para ver essa ameaça que pode ser a grande mudança para a trama.

Alguns exemplos de Flood.

Para vocês entenderem resumidamente quem são eles. Os Floods são vermes que enfestam tudo e todos que eles tocam. São criaturas horrendas que entram no corpo do hospedeiro e os controlam para poder alcançar seus objetivos.

Mas isso é apenas um rumor, o que realmente estamos interessados em ver, é os artefatos mostrando o caminho para o grande Anel Halo, a arma suprema, ou como os Covenant gostam de falar, o renascimento, o despertar, a grande viagem para um novo futuro.

A série se mostrou com um potencial alto e muito bem produzido até o momento, mesmo com um começo bem baixo, mas que agora está tudo nos conformes, podemos dizer que ela está seguindo um rumo promissor e satisfatório, até mesmo os fãs raízes estão mudando os olhares para ela, acompanhando com mais atenção e se interessando com o desenrolar da história.

A única critica negativa que podemos ter nesse episódio é a falta de combates, afinal estamos falando de Halo, uma franquia puramente ambientada em ação do começo ao fim, mas como é uma história e precisa ser contada, é muito aceitável o que está acontecendo, podemos crer que essa ação que tanto queremos logo estará presente. Aquela batalha no primeiro episódio deixou um gostinho de “quero mais”.

Nesse episódio foi algo mais calmo, mas com muitas descobertas, então não espere muita ação ainda, apesar de ter uma pequena parte em Madrigal mais acelerada. No mais, estou contente com o que estou assistindo e ansioso para os próximos episódios.

Lembrando que os episódios estão sendo lançados todas as quintas na plataforma da Paramount+, as 5 horas da manhã.

Nota: 9

Leia também:

Conheça os Spartans, os super soldados de Halo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.