18 de abril de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Trilogia Demais pra Mim mistura a dor com as façanhas do amor

4 min read

Com seu terceiro filme lançado essa semana, a trilogia de Demais pra Mim, produção de comédia romântica italiana da Netflix, encerra sua história.

O enredo que acompanha Marta (Ludovica Francesconi), uma jovem alegre e determinada, que apesar de passar a toda sua vida lutando para viver, devido a sua doença pulmonar — fibrose cística —, não se deixa abater e faz quase tudo que uma jovem de sua idade faria. Algo como se A Culpa é das Estrelas fosse um filme com final feliz.

Com uma narrativa peculiar, extrovertida, cheio de pitadas de Amélie Poulain (2001), cada episódio dessa trilogia surpreende e encanta, mesmo quando a história parece concluída, eles conseguem criar um novo capítulo e torná-la ainda mais especial.

Confira um pouco dos três filmes lançados:

A primeira parte Demais pra Mim foi lançada em 2020, com um propósito nada ambicioso e entregou uma história sem grandes efeitos, as muito boa. Marta se apaixona por Arturo (Giuseppe Maggio), um jovem galã atlético, que desdenha das intenções da “frágil” garota. Mas Marta não aceita a recusa e depois de algum tempo “perseguindo” o jovem, convence-o a ter um encontro com ela.

O interessante nos detalhes não esta apenas nessa relação peculiar, mas o retrato do jovem italiano e as belezas de seu país. As histórias paralelas dos amigos de Marta, Federica (Gaja Masciale) e Jacopo (Jozef Gzura), também são um bônus e divertem pelos causos amorosos e profissionais que vivem.

Neste longa em particular, Marta comprova que o amor vai além do exterior e com todo seu jeito extravagante de ser, conquista Arturo.

A segunda parte, surgiu após o inesperado sucesso do primeiro longa que ficou semanas no top 10 da plataforma no ano anterior, só no Brasil. Mais que Demais pra mim chegou em 2021 na plataforma.

Nesta segunda parte, Marta inicia sua trama contando ter rompido com seu namorado dos sonhos, Arturo, para deixá-lo livre para realizar seus sonhos. Ainda no início desse longa, a jovem conta da passagem de tempo de 12 meses e apresenta o jovem artista Gabrielle, como seu novo amado.

Com um tom ainda de humor, essa nova história entra ainda mais no núcleo de convivência de Marta e dá espaço para novas histórias serem apresentadas. Mesmo assim, o foco não se perde, e Marta se apresenta mais madura e uma troca de médico a torna mais sóbria e pessimista quanto a sua relação com sua frágil saúde.

Quando seu novo amor recebe uma irrecusável oferta de trabalho em Paris, Marta convence-o a ir, prometendo manter um relacionamento a distância, e a partir disso que a trama ganha um rumo interessante e cômico, na tentativa de ambos manter o relacionamento acesso.

Entre idas e vindas que a distância impõe, Marta e Gabrielle se afastam um pouco e brigam muito, o que pesa muito nos momentos finais da história. Marta é avisada que um pulmão esta disponível e chegando para ela e mesmo nos minutos finais dessa segunda parte, a jovem é levada para operação, enquanto Gabrielle luta contra o tempo para ver a amada, antes de sua cirurgia, o que termina não acontecendo nessa parte dois.

Mal a parte dois foi entregue ao público, no fim de 2021, poucos meses de 2022, a terceira parte e final da dramédia de Marta e seus amigos chegou a plataforma, continuando bem no ápice que foi deixado o filme anterior.

Eternamente Demais pra Mim mostra a nova vida de Marta, recém operada, com um pulmão novo e sem o seu cilindro de ar, Marta faz as pazes com Gabrielle e decide viver as experiências que antes lhe eram limitadas.

Com um tom de despedida, a terceira parte do longa é como um abraço a quem acompanhou a louca vida de Marta até aqui e traz com mínimos detalhes os destinos de seus amigos Federica e Jacopo, além de sua história de amor com Gabrielle, onde os dois decidem morar juntos e não se afastarem mais.

Assim como essa descrição, o terceiro longa é mais rápido e não viaja por grandes conflitos ou problemáticas, e mesmo assim não deixa de lado a diversão e partes cômicas que abraça.

Ao todo, Demais pra Mim entregou com muita doçura uma história romântica, da vida real, imperfeita e feliz de maturidade, amor à vida e valorizar o simples e cada momento. Nota 07.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.