4 de agosto de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Cavaleiros do Zodíaco | Conheça os Cavaleiros de Ouro – Parte 1

17 min read

A nova temporada de Cavaleiros do Zodíaco chegou à Crunchyroll mostrando a Batalha das 12 Casas, onde os jovens Cavaleiros de Bronze enfrentam desafios ainda maiores, sendo esses os próprios Cavaleiros de Ouro, que são o patamar mais alto da hierarquia entre as 88 constelações que protegem Atena.

Saiba mais:

Cavaleiros do Zodíaco | Quem são os 10 Cavaleiros de Bronze? Parte 1

Sobre a Guerra

Antes de falarmos sobre eles, vamos dar um resumo de tudo o que acontece nessa fase, o do porque os “golds” estão contra os “bronze boys”, sendo que ambos juraram lealdade em proteger Atena. A resposta parece simples mais não é.

Há 13 anos, o mestre do Santuário foi morto pelo Cavaleiro de Ouro de Gêmeos, que tinha dupla personalidade, onde uma era boa e a outra é má, esse lado do mal, acabou se colocando a frente e tentou matar a recém nascida e encarnação da deusa Atena, mas foi frustrado pelo Cavaleiro de Ouro de Sagitário Aioros, que acabou entrando em uma luta contra o Gêmeos, e logo depois durante a fuga, contra o Cavaleiro de Ouro de Capricórnio, Shura.

Após isso, ele consegue se esconder de seus perseguidores, porém, estava muito ferido, beirando a morte. Um senhor chamado Mitsumasa Kido, que estava passando como um turista nas ruínas antigas da Grécia, acaba encontrando o jovem cavaleiro com a bebê, ambos conversam um pouco, e Kido acaba entendendo toda a situação e aceitando em proteger a criança, prometendo que iria criá-la para se tornar quem ela estava destinada a ser.

13 anos se passaram e Saori Kido, junto de jovens órfãos acabaram entrando em diversas lutas contra adversários a mando do Santuário, e descobriram que o Mestre era quem estava por trás disso tudo. Sabendo disso, eles decidiram ir até o Templo de Atena na Grécia, para por um ponto final nessa guerra sem sentido, entretanto, chegando lá, eles são surpreendidos por alguns Cavaleiros de Prata, sendo que um deles acaba acertando uma flecha dourada no peito de Saori (Atena), essa mesma, só poderia ser retirada pelo Grande Mestre do Santuário.

Assim, eles começam a subir as 12 casas enfrentando seus mais poderosos adversários, onde alguns deles estão do lado dos “Bronze Boys”, e outros estão sendo controlados, ou foram persuadidos a acreditar que Saori não era a reencarnação de Atena, mas sim uma farsante tentando se passar pela deusa, e os cavaleiros que seguiam ela, eram rebeldes, traidores, e precisavam ser impedidos e mortos pelos seus pecados contra o Santuário.

Os Cavaleiros de Ouro das Seis Primeiras Casas

Agora que sabemos um pouco mais sobre o contexto da história, bem resumidamente para ser bem sincero, vamos contar um pouco sobre cada cavaleiro de ouro na ordem de suas casas, da 1ª casa até a última, porém, para que o texto não seja gigantesco, preferimos dividir em duas partes, nesse de hoje falaremos sobre os seis primeiros. Também comentaremos de que lado eles estão nessa batalha. E só para ficar claro, iremos resumir bastante a história sobre eles, apenas suas personalidades, seis feitos durante a Batalha das 12 Casas, sua morte e suas habilidades e técnicas.

Mu de Áries – 1ª Casa

Mu é o primeiro Cavaleiro de Ouro que você encontrará no inicio da batalha pelas 12 casas, e obrigatoriamente você só tem esse caminho para subir, além de ser discípulo do antigo Mestre do Santuário Shion. Ele é conhecido também por ser o restaurador de armaduras, tendo as habilidades necessárias para trazer a vida de volta para elas, ou seja, é o ferreiro da galera que concerta quando algum cavaleiro age sem pensar e deixa a sua armadura em mil pedaços.

Ele é um cara racional e de muita compaixão, além de também ser muito sútil, evitando sempre uma batalha se assim for necessário, afinal, ele acredita que o desperdício de uma vida é algo totalmente fútil. Mas, não pense que esse carneiro calmo e com um semblante sereno e calmo é fraco. Quando é necessário proteger e lutar para cumprir sua missão, ele mostra o porque ele é o guardião da 1ª casa e do porque ninguém nunca passou por ele sem ele dar a permissão para isso.

Na Batalha das 12 Casas, ele foi um aliado para Seiya e cia, aceitando Saori como a reencarnação da deusa Atena. Ali, ele além de reconstruir as armaduras de bronze, ele ensina um pouco mais sobre o sétimo sentido, mostrando um pouco desse poder, e dando ênfase nesse assunto dizendo que somente se eles despertassem esse sentido eles teriam a chance de tentar derrotar um Cavaleiro de Ouro.

Após isso, ele deixou que eles avessassem e ficou de guarda junto de Atena, a protegendo de todos que tentassem feri-la.

No futuro durante a Guerra Santa contra Hades, ele morre no muro das lamentações, após da a vida assim como todos os outros Cavaleiros de Ouro para abrir o caminho para Seiya e cia, até os Campos Elísios, para poder salvar Atena.

Curiosidade: Nasceu no Tibete, 27 de março.

Dublador:  Marcelo Campos 1º, Marco Aurélio Campos 2º.

Habilidades:

Ele é considerado o cavaleiro mais poderoso no quesito da telecines, podendo mover objetos apenas com a força da mente, além de poder se teletransportar, ou outra pessoa se assim ele desejar. Também consegue usar a telepatia em grupo, podendo criar um vínculo mental entre todos aqueles que ele desejar também, como um “WhatsApp mental”.

Suas técnicas são variadas, podendo usar tantos golpes físicos, como telecinéticos, e são eles:

  • Muralha de Cristal: Ele cria uma barreira invisível e intransponível entre ele e seu adversário, como uma defesa intransponível, mas, à uma pegadinha nessa defesa. Quando alguém a golpeia, todo o golpe volta contra si na mesma intensidade e velocidade disferido, se ferindo no processo. Mas ela não é impossível de se vencer, basta ser muito mais poderoso que ela e saber o segredo dela.
  • Rede de Cristal: Criando uma rede de fios de cristal extremamente sutil, ela tem a capacidade de prender qualquer um que a toque, deixando-o sem qualquer reação defensiva ou ofensiva. Ele usa essa técnica contra o Espectro Myu de Papillon, durante a Batalha do Santuário na Saga de Hades.
  • Extinção Estelar: Elevando seu cosmo ao um ponto de explosão, ele acaba gerando uma poderosa luz em formato de estrelas, que envolve o alvo e o faz sumir, porém, o destino quem determina é o próprio Cavaleiro de Áries, decidindo se ele será simplesmente afastado para longe ou jogado para o infinito além das estrelas.
  • Revolução Estelar: Elevando o cosmo ao infinito, ele levanta seu braço criando várias estrelas que atacam simultaneamente o alvo, não deixando chances para o adversário se desviar. A aparência desse ataque se parece muito com estrelas cadentes caindo do céu.

Aldebaran de Touro – 2ª Casa

Seu tamanho intimidador e aparência de alguém sério é algo de muita expressão quando se tromba com ele, porém, Aldebran é um gigante bonzinho, sendo um cara humilde, amigável, leal e honrado entre todos a sua volta, até mesmo seus inimigos são recebidos com sua lendária cortesia, porém, ela se estende até aí, quando ele precisa mostrar do porque é tão intimidador está na sua presença.

Na Batalha das 12 Casas, ele enfrentou Seiya e cia, não os deixando passar sem antes eles provarem que tinham entendido sobre o sétimo sentido, mostrando o seu poder de forma leve, mas ainda sim potente. No final, Seiya conseguiu dar um vislumbre de seu poder adormecido, arrancando um dos chifres do elmo do touro. Já os demais conseguiram também atingir o grandalhão de alguma forma, mas nada mortal, apenas danos superficiais, mas que são o suficiente para passar por ele.

Após isso, Mu ainda tira um sarro com Aldebaran, perguntando se queria que concertasse o chifre, mas ele não quis, além de ser questionado o do porque ter deixado eles passarem, ele disse que acredita no potencial dos jovens e que quer ver até onde essa verdade pode chegar, dando a entender que está do lado dos jovens, mas ainda não sabe se acredita que Saori é Atena.

Sua morte foi durante a Batalha do Santuário na Saga de Hades, contra o Espectro Niobe de Deep, mas mesmo morto, seu cosmo ficou pela casa para avisar sobre o perigo a Mu, e depois disso ele acaba sumindo. Mais tarde, seu espirito veio até o inferno para ajudar na destruição do Muro das Lamentações, dando seu espirito como sacrifício para tal fim.

Curiosidade: Nasceu no Brasil, 08 de maio, o único cavaleiro do nosso país.

Dublador: Ronaldo Artinic.

Habilidades:

Apesar de não ter tantas habilidades como Mu, Aldebaran é um dos cavaleiros mais fortes fisicamente e tem a velocidade mais alta entre todos, mostrando que seu potencial é realmente seu tamanho e sua única técnica altamente física.

  • Grande Chifre: Seu ataque consiste de uma poderosa rajada no alvo a sua frente, numa velocidade impressionante. Geralmente ele fica de braços cruzados, para poder não mostrar sua postura verdadeira e também porque seu ataque é tão veloz que é impossível ver eles se estendendo a olho nu, um detalhe sobre essa técnica, é que ele usa os braços nessa postura, lembrando os samurais antigos, quando sacavam as sua espadas Katanas para desferir um único ataque. Mas quando ele estende eles e solta sem precisar cruza-los, o poder fica maior e ainda mais veloz.

Saga de Gêmeos – 3ª Casa

Considerado o Cavaleiro de Ouro mais poderoso de sua geração (apesar de muitos fãs acharem que na realidade é o Shaka de Virgem o mais poderoso), ele foi o grande vilão de todo as batalhas por trás do primeiro arco do Santuário, afinal, foi ele quem matou o antigo Mestre do Santuário e tomou para si o manto e comando do exército de Atena.

Um homem misterioso de duas personalidades, uma boa e outra má. Durante eras, sabe-se que essa é uma maldição de sua constelação, onde os dois lados da moeda, ou das suas faces é conflitantes dentro de si, além de, sempre que alguém se torne um Cavaleiro de Gêmeos, geralmente ele tem um irmão gêmeo com uma postura oposta a sua, assim como Saga e Kanon.

Durante a Batalha das 12 Casas, ele é uma incógnita dentro do exército, já que poucos sabem sobre sua existência, e tão poucos sabem que ele é realmente, mas o que ninguém sabia é que na realidade ele era o cara por trás de todas as batalhas até o fim da guerra. No final, foi descoberto que o Grande Mestre do Santuário foi morto a 13 anos pelo Saga, assim assumindo o manto e controlando tudo, isso porque seu lado maligno conseguiu controlar por boa parte de todas as suas posições contra os “Bronze Boys” e Saori.

Mais tarde, após ser desmascarado e ter enfrentado tudo e todos, ele se matou para se redimir de todos os pecados que havia cometido contra Atena, assim, dando um fim para todas as batalhas. Durante a fase do Santuário ele foi revivido por apenas 24 horas, pelo deus Hades para que ele trouxesse a cabeça da deusa, porém, havia um plano maior por trás disso tudo.

Saga junto de Camus e Shura, combateram contra alguns “Golds” sobreviventes, viram seus planos indo por água a baixo, até que Shaka descobre tudo e informa Atena sobre todos os planos dos “Golds Renegados”, assim a deusa pede que trouxessem eles para poder ajudá-los em seus planos, se sacrificando e entregando sua vida para Saga e os outros.

Por fim, Saga acaba se definhando após as 24 horas concedidas, após isso, ele volta no fim para ajudar nos Muros da Lamentações e destrui-lo para que Seiya e os outros passem.

Curiosidade: Nasceu na Grécia, 30 de maio.

Dublador: Gilberto Baroli.

Habilidades:

Sendo considerado o mais poderoso, Saga tem habilidades fora da compreensão, tendo em vista que ele conseguiu persuadir, controlar e manipular todos dentro do Santuário até sua queda por 13 longos anos.

  • Outra Dimensão: Elevando seu cosmo ele cria uma fenda no espaço-tempo para uma dimensão alternativa, que com grande poder de sucção, puxando qualquer adversário, ou até mesmo aliado que esteja por perto, fazendo com que fique vagando no espaço paralelo para sempre, ou até que seja resgatado por alguém com a mesma habilidade.
  • Satã Imperial: Uma técnica de controle mental, onde atinge o adversário diretamente em seu cérebro, mantendo ele totalmente suscetível a ordens de seu controlador. Saga usa essa técnica em Aioria de Leão, após ele o coloca-lo contra a parede sobre as posições do Mestre.
  • Explosão Galáctica: O golpe mais poderoso de um Cavaleiro de Gêmeos, podendo destruir até mesmo as estrelas da galáxia. O alvo recebe uma investida do cosmo no formato de planetas se chocando, o destruindo por completo e o reduzindo a pó.
  • Labirinto de Gêmeos: Constitui de um poder onde ele cria um labirinto dentro de sua Casa Zodiacal, criando ilusões de luzes e sombras infinitas, fazendo com que qualquer um que esteja preso ali dentro, fique perdido eternamente, ou até que o Cavaleiro de Gêmeos quiser. Saga usa essa técnica contra os “Bronze Boys”, mas não esperava que Shiryu fosse ver através da ilusão por causa de sua cegueira.

Máscara da Morte de Câncer – 4ª Casa

Talvez o personagem mais sacana e cruel entre os 12, não se interessando de quem na real está certo ou errado em meio as batalhas, o que importa para ele realmente é a morte de seus inimigos, sendo eles crianças, adultos, velhos, homens, mulheres, ou qualquer um que entre em seu caminho. Entretanto, nessa fase ele está sob ordens do Grande Mestre, e portanto, é inimigo dos “Bronze Boys”.

Durante a Batalha das 12 Casas, ele enfrenta Shiryu, mas após uma longa luta contra ele na Colina do Yomotso, a porta para o mundo dos mortos, Máscara da Morte foi abandonado por sua armadura, que não aceitava mais ele como seu dono, ou seja, não era mais digno de usa-la, assim, colocando ambos em pé de igualdade, assim Shiryu o mandou para o inferno, o derrubando da colina.

Durante o arco de Hades ele volta como um dos “Golds Renegados”, mas se depara com Mu que o derrota sem muito esforço. Mais tarde seu espirito redimido volta para ajudar no Muro das Lamentações, e ali ele se sacrifica de forma honrosa para ajudar os “Bronze Boys”, provando que a maldade que havia dentro dele não existia mais.

Curiosidade: Nasceu na Itália, 24 de Junho.

Dublador: Paulo Cestino falecido.

Habilidades:

Apesar de não parecer, Máscara da Morte é um personagens com um potencial muito grande, podendo usar o 8º sentido com muita facilidade, isso porque ele usa para se manter como espírito em perfeito estado e controle no inferno, único meio para adentrar nesse plano, além disso, ele tem controle sobre almas e espíritos, podendo o ajudar na hora de uma o.

  • Ondas do Inferno: Erguendo seu dedo e usando seu cosmo como um furacão, atingindo o inimigo diretamente e o enviando para dentro de um buraco chamado Sekishiki, logo depois ele é lançado para o mandado para a entrada do mundo dos mortos.

Aioria de Leão – 5ª Casa

Sendo um dos mais nobres e valentes cavaleiros de Atena, Aioria é considerado por todos um homem justo e gentil, que acima de tudo presa pela paz, e sempre prefere descobrir a verdade com os seus próprios olhos, mesmo que isso seja desobedecer ordens. Por ser irmão de Aioros de Sagitário, ele é considerado um traidor, mas acaba se colocando como um guerreiro leal aos olhos do Grande Mestre, assim, ele tenta a qualquer custo, limpar o legado que seu irmão deixou.

Durante a batalha contra os “Bronze Boys”, ele acaba descobrindo a verdade sobre Saori, e ali, ele jura lealdade para ela. Sabendo disso, ele volta ao Santuário para colocar o Mestre contra a parede, mas acaba caindo no golpe dele, o Satã Imperial, uma técnica que controla o alvo pela mente, deixando ele suscetível a quaisquer ordens.

Quando lutou contra Seiya na casa de Leão, ele acaba mostrando o rugido do Leão e as garras por diversas vezes, mas quando ele soltou um golpe matando Cássius, e logo em seguida levando um golpe do Cavaleiro de Pégasus, ele volta a si, e se mostra novamente leal aos Cavaleiros de Bronze.

No futuro ele acabou se sacrificando durante a fase do inferno, quando os Cavaleiros de Ouro se juntaram para destruir o Muro das Lamentações.

Curiosidade: Nasceu na Grécia, 16 de agosto.

Dublador: Paulo Porto 1º, Luiz Antônio Lobue 2º.

Habilidades:

Suas habilidades são mais físicas, sendo algo muito padrão entre os cavaleiros que servem Atena, porém, seu poder e velocidade são acima da média, mostrando que ele pode ser um adversário perigosos de mais para se subestimar.

Tendo apenas duas técnicas, elas são bem diferentes e únicas, sendo uma mais física, usando socos, e outra feixes de luzes na velocidade da luz.

  • Capsula do Poder: Concentrando seu cosmo em seu punho, ele se lança com um soco poderoso em direção do oponente, o lançando para longe e se possível o derrotando em um só golpe. Porém, esse ataque também pode ser usada a distância, como um vácuo, porém mais fraco, mas mais veloz.
  • Relâmpago de Plasma: Um ataque poderoso, concentrando todo seu cosmo em seu punho e lançando 100 milhões de golpes na velocidade da luz, criando assim diversos feixes de luzes, atingindo um ou mais adversários de uma só vez.

Shaka de Virgem – 6ª Casa

Considerado o homem mais próximo de um deus, Shaka é tido por muitos como o cavaleiro mais poderoso de sua geração, mesmo que no cânon é dito que é o Saga, mesmo assim, ele é alguém que realmente não se deve ser subestimado, já que seus poderes são diversos e na maioria das vezes, mortais sem mesmo dar uma chance para o inimigo. Sendo uma pessoa serena e de poucas falas, ele é representado como a reencarnação de Buda, além de ser muito sábio e inteligente.

Na Batalha das 12 Casas, ele acaba enfrentando Ikki de Fênix, mostrando tudo e mais um pouco, e colocando o Cavaleiro de Bronze em seu devido lugar. Mas acaba sendo derrotado pela persistência e garra do Cavaleiro de Fênix, mostrando suas asas ardentes uma última vez. Após esse embate, Shaka pede para que Mu traga ele e Ikki de volta para a Casa de Virgem, onde ele salva Fênix dando um novo objetivo para o cavaleiro. Um detalhe a respeito dele, é que durante a batalha, ele sempre teve um pé atrás em respeito ao Grande Mestre, mas como não havia provas e também via ele como seu líder, preferiu lutar contra os “Bronze Boys”, no final ele os ajudou.

Shaka enfrenta os “Golds Renegados” na fase do Santuário durante a Guerra Santa entre Atena e Hades, mostrando que ele não era um adversário para se derrotar sozinho. Com isso, Saga, Camus e Shura usam a técnica proibida pela deusa, a Exclamação de Atena, matando Shaka com um poderoso golpe de Cosmo que o vaporizou, mas antes disso, antes dele sumir, ele ainda deixou mensagens em pétalas rosa de cerejeiras. Na mensagem contava tudo a respeito dos plano do renegados para Atena, mostrando a ela o caminho que precisa ser tomado.

Já no Inferno, ele foi o guarda-costas de Atena por todo o território inimigo, chegando até o Muro das Lamentações, onde assim como os outros, se sacrificou para derruba-lo.

Curiosidade: Nasceu na Índia, 19 de setembro.

Dublador: Carlos Silveira.

Habilidades:

Shaka é um dos “Golds” mais poderosos e mais habilidoso entre todos, já que suas técnicas são muito impactantes tanto fisicamente quanto mental. Assim como Máscara da Morte, ele tem total controle do 8º sentido quando se trata em manter sua forma mental e física no mundo dos mortos, além de ter habilidades telecinéticas, não tão lapidadas quanto o Mu. Sua persuasão e inteligência, o mantém sempre a frente de seus oponentes, nunca recuando, mas sim, pressionando o inimigo até que ele cometa o erro de achar que é superior. Outro detalhe sobre ele é, quando ele está de olhos fechados quer dizer que ele está concentrando todo o cosmo dentro de si para poder lançar os golpes, mas quando abre os olhos, todo aquele poder guardado ali dentro, explode como um tal violência, que até mesmo aqueles que tem poder para repelir podem ser feridos mortalmente.

Ele também possui uma vasta gama de técnicas, o deixando ainda mais perigoso em meio as batalhas.

  • Ohm: Shaka usa de mantras para poder utilizar alguns de seus poderes, e um deles é esse, que consiste em intensificar o seu cosmo, acumulando por meditação e expandi-lo. Geralmente ele usa essa técnica antes de usar uma outra mais poderosa, mesmo assim, quando usado ele atinge o alvo o afastando para longe pela força do golpe.
  • Kahn: Diferente de Ohm, que se utiliza como acumulador de cosmo e até mesmo para ataques em área de pouco poder, Kahn é onde ele usa para poder se proteger de ataques externos, como uma barreira que ele cria ao seu redor.
  • Rendição Divina: Uma explosão cósmica incrivelmente poderosa, na qual Shaka pode irradiar contra inimigos que estão no mesmo ambiente, ou enviar a energia de forma que atinja alvos a uma distância longa. Durante o ataque uma imagem de uma mulher montada em um cavalo aparece, e quando isso acontece, não a lugar seguro para estar.
  • Círculo de Transferência: Uma técnica usada apenas uma vez contra Aioria, então pouco se sabe sobre ela, mas o que sabemos é que ele gesticula com suas mãos um selo, dissipando todas as suas dúvidas enquanto amplifica seu cosmo. Pode se dizer que é uma técnica de preparação, algo que o ajuda a mantê-lo em prontidão.
  • Invocação dos Espíritos Malignos: Uma das técnicas mais assustadoras, isso porque ele materializa espíritos malignos e, em meio a múltiplas ilusões, lança-os sobre o inimigo, o deixando totalmente paralisado e causando um dano absurdo em seu impacto.
  • Tesouro do Céu: A técnica mais poderosa de Shaka, podendo dizer que quando ele a utiliza, ele está com todo o seu poder libertado, lançando todo esse poder diretamente no inimigo, o deixando desprovido de todos os sentidos, até mesmo o 6º que mantém qualquer ser vivo ainda vivo. Vale ressaltar, que Shaka usa essa técnica toda vez que abre os olhos, ou seja, não há para onde correr nessa hora, apenas aguardar a morte.
  • Ciclo das Seis Existências: O mais complexo entre todas as suas técnicas, onde ele envia o oponente para um dos seis mundos da Metempsicose, fazendo com que ele caia em um mundo que combine com suas tendências. Os mundos são: Inferno – Um mar de lava, montanhas espinhentas, onde aqueles que vem para esse mundo acabam sofrendo dores indescritíveis. Mundo dos Demônios – Todos os corpos ficam esqueléticos, onde somente as barrigas crescem. Aqui os presentes vomitam sem parar, até começar a consumir carne de cadáveres. Mundo das Feras – Nesse lugar vale a lei do mais forte, onde é necessário matar os predadores para se alimentar para sempre. Mundo das Chacinas – O sangue jorra eternamente, onde a morte faz do cotidiano e as batalhas jamais terminam. Mundo dos Homens – Tristeza, alegria, fúria, risos, onde tudo se mistura com grande instabilidade. Não há bem ou mal nesse mundo. Paraíso -Dizem que é possível ser feliz aqui, mas também é o local de onde é mais fácil cair no inferno.

Saiba também:

Guia completo sobre Os Cavaleiros Do Zodíaco: ordem cronológica, filmes e curiosidades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.