1 de setembro de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Quem é Elrond? Saiba porquê ele é um dos personagens mais importantes de Senhor dos Anéis

10 min read

A série O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder enfim chegou ao catálogo do Prime Video, e está deixando os fãs em euforia total com tudo o que está sendo apresentado, como cenários, personagens, efeitos práticos, especiais e a trilha sonora, que sempre foi um marco para essa franquia.

Hoje teremos o prazer de conhecer um pouco mais sobre um dos personagens mais imponentes de O Senhor dos Anéis, Elrond, senhor de Rivendell, um dos elfos mais sábios e respeitados dentro da Terra-Média.

Leia também:

Quem é Galadriel? Conheça protagonista de O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder

Elrond, o Senhor de Rivendell

Imagem retirada do trailer O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder.

Elrond tem um grande destaque em toda obra de J. R. R. Tolkien, onde seu principal objetivo é manter o diálogo e as velhas alianças unidas, sem precisar usar a força para resolver as coisas. Ele sempre foi mais da conversa, sendo um autêntico diplomata, seus maiores destaques foram as discursões dentro dos conselhos que havia na Terra-Média, sempre liderando de certa forma, seu povo para a paz e harmonia. Mas, se engana quem acha que ele é apenas bom de palavras. Elrond participou de várias batalhas, mas a mais conhecida foi a guerra da “Última Aliança” no final da 2ª Era, quando Isildur com sua espada, arranca o Um Anel das mãos de Sauron.

Nesse momento, Elrond usa sua sabedoria para mostrar o caminho para Isildur destruir o anel, mas quando chegou a hora, o rei dos homens não o destrói, ficando para si e colocando em risco toda a Terra-Média, e Elrond acabou voltando para suas terras, com o sentimento de trabalho feito, mas com o peso em seu coração por não ter destruído o Um Anel.

Para Tolkien, Elrond é um personagem essencial em toda história, sendo um guia para aqueles que precisam ter um “norte” em sua vida, usando de sua sabedoria para guia-los. Isso é visto em vários momentos, mas os mais conhecidos e de maior referência é na trama de O Hobbit e no O Senhor dos Anéis.

Origem e seus feitos com o avanço das eras

Imagem retirada do trailer O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder.

Elrond nasceu na 1ª Era, no ano de 532 no refúgio das Bocas do Sirion em Beleriand. Sendo filho do meio-elfo e marinheiro Eärendil e Elwing sua esposa, sendo bisneto direto de Beren e Lúthien, dois grandes personagens de toda a literatura e mitologia de Tolkien.

Tempos depois, os refúgios foram destruídos pelos filhos Fëanor, que capturaram Elrond e seu irmão Elros, algo que acabou assustando e muito seus pais, que temiam por suas mortes. Mas, ambos eram habilidosos com as palavras e suas habilidades, mesmo ainda garotos, conseguindo as amizades de Maedhros e Maglor.

Elrond por ser meio-elfo, tinha como escolha duas opções, seguir o caminho de seus parentes e ser imortal, ou ser um mortal, assim como foi a escolha de seu irmão Elros, que acabou se tornando o senhor de Númenor e Andúnië, linhagem dos homens.

No final da 1ª Era, quando Beleriand foi destruída, Elrond seguiu para a região de Lindon, onde seguiu ao lado de Gil-galad, o último Alto Rei dos Noldor, se tornando vice regente e seu arauto.

Imagem retirada do trailer O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder: Durin e Elrond.

Com o passar dos anos, Gil-galad envia Elrond para a defesa de Eregion, que estava em guerra contra Sauron. O Senhor do Escuro acaba destruindo Eregion, cercando o exército do arauto de Gil-Galad, mas o rei anão Durin, e o rei elfo de Lórien, Amroth, atacaram a retaguarda de Sauron. Entretanto, as forças das trevas se viram contra eles, assim os levando de volta para Moria, dando a chance do elfo e suas tropas recuarem para o norte, em um vale isolado, onde estabeleceu o refúgio de Imladris, mais tarde chamado de Rivendell, onde viveu durante a e 3ª Era.

Perto do final da 2ª Era, a Última Aliança de Elfos e Homens foi formada, e o exército partiu de Imladris para Mordor, liderado por ElendilGil-Galad, onde ambos acabaram caindo perante a Sauron no final do cerco de Barad-dûr. Após uma dura batalha que acabou se estendendo tempo demais, Elrond acaba vendo Isildur, filho de Elendil, destruir o corpo físico de Sauron, ao cortar os dedos dele onde estava o Um Anel, que acabou tomando para si, mesmo sendo alertado pelo elfo que deveríamos destruí-lo.

Elrond e Círdan, que também é um elfo, acabaram ficando com os anéis que Gil-Galad possuía, tendo eles como os guardiões desses anéis que foram forjados para lutar contra Sauron.

Elrond ficou com o anel Vilya, o anel do ar, e Círdan o anel Narya, o anel de fogo, que mais tarde foi dado para Gandalf pelo próprio elfo.

Após a Última Aliança e o fim de Sauron, Elrond se recolhe para Rivendell, onde enfim forma raízes e fortifica a paz daquela região, assim, se casando com Celebrían, filha de Celeborn e Galadriel, no início da  Era. Ambos acabaram tendo três filhos, os gêmeos Elladan e Elrohir, e sua filha Arwen Undómiel, a quem vinha se casar com Aragorn no final da 3ª Era.

Durante uma viagem de Rivendell a Lórien, Celebrían foi capturada por Orcs no Passo Redhorn em Caradhras nas Montanhas Nebulosas, onde foi torturada, atormentada e recebeu uma ferida envenenada, que a custou muito. Por fim, ela foi resgatada por seus filhos, e curada por seu marido, mas depois de medo e tormento atribuído a exposição que foi colocada, ela não conseguia mais encontrar paz e alegria na Terra-média, onde se tomou a decisão de ir até os Portos Cinzentos, onde tomou um barco para ir até as terras imortais de Valinor e, viver ao lado de seus ancestrais.

Imagem retirada do filme O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei: Elrond e Aragorn.

Quando o reino do norte de Arnor caiu, os chefes dos Dúnedain e o Cetro de Annúminas, o símbolo de autoridade real, foi Elrond quem deu abrigo a eles, por serem aliados e bons amigos, por tudo que já passaram. Arathorn, um dos senhores de Arnor, acabou sendo morto alguns anos após o nascimento de Aragorn, fazendo com que o elfo o crie e o transformando em um homem honrado, nobre e leal, além de ensina-lo mais sobre as habilidades, costumes e cultura élfica.

Aragorn e Arwen, acabam criando sentimentos entre si, mas Elrond só permitiria seu casamento, se ele pudesse unir Arnor e Gondor como Rei Supremo, algo que estava a seu alcance, bastasse ele estender suas mãos, mas ele não via isso como seu futuro, recusando seu destino e se tornando um simples Guardião do Norte.

Imagem retirada do filme O Hobbit: Uma Jornada Inesperada: Gandalf e Elrond.

Em O Hobbit, ele deu abrigo a Thorin Escudo de Carvalho e sua companhia durante sua busca para retomar Erebor do Dragão Smaug, além de ajuda-los com conselhos sobre sua missão de maneira pontual. Foi nesse mesmo momento em que ele e Bilbo Bolseiro, o pequeno Hobbit, que tinha sido contratado para ser o ladrão, se tornaram grandes amigos, vindo a ser convidado como hóspede permanente cerca de 60 anos depois, quando sua vida estava para chegar ao fim.

Nessa época, Elrond também se mostrou muito ativo em suas terras, não que ele nunca tenha sido, mas com o alto movimento de orcs e invasão de territórios, ele acabou tendo trabalho para erradicar essas pragas vinda das montanhas.

A Guerra do Anel

Imagem retirada do filmes O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel: Elrond na Montanha da Perdição falando para Isildur jogar o Um Anel no fogo.

Durante a Guerra do Anel, ele liderou o Conselho de Elrond, no qual foi decidido que o Um Anel deveria ser destruído onde foi forjado, na Montanha da Perdição em Mordor, onde ouve um debate longo e cansativo entre todos que estavam ali. Humanos queriam que a arma do inimigo fosse para frente de batalha, para mostrar o poder deles sobre Sauron, os anões queriam destruí-lo, mas não se importavam tanto assim, já que seu foco era suas terras, já os elfos, sabiam que a missão era difícil, e se negava a entregar o anel nas mãos de qualquer um que pudesse usar para si próprio. Assim, sobrou apenas um pequenino e jovem hobbit, Frodo Bolseiro, sobrinho e herdeiro de Bilbo, ele decidiu em levar o anel, entretanto, ele não saberia como seguir esse caminho, assim, Gandalf, o mago cinzento, acaba se oferecendo para ajudá-lo, e ser seu guia perante os caminhos tormentosos até a montanha. Aragorn, lhe deu sua espada, para sua proteção, além do elfo Legolas com seu arco e o anão Gimli, com seu machado. Um outro homem chamado Boromir, um capitão vindo de Gondor, que via que o anel não deveria ser destruído, aceitou a decisão do conselho, colocando-se a disposição de acompanhar e proteger Frodo durante todo o percurso. Além de todos esses, outros três hobbits também se colocaram a disposição, Sam Gamgee, Merry Brandybuck e Pippin Took, assim, foi formado a Sociedade do Anel e seus nove membros.

Durante esse período da guerra, ele acabou tendo diversas decisões a se tomar, uma delas, foi enviar seus guerreiros em lutar em algumas batalhas pontuais, para ajudar na sequencia dos eventos até o final da guerra, outra foi de enviar seu povo até os Portos Cinzentos, para que façam a viagem de volta para as terras imortais, já que a era dos elfos estava acabando dentro da Terra-Média. Mas uma das decisões mais difíceis, foi ter que aceitar a decisão de sua filha, que decidiu se tornar mortal em nome de seu amor por Aragorn, dando ao seu pai um sentimento de medo e angústia por tudo que viria acontecer.

Por fim, ele acabou ficando até o fim da guerra, e vendo a coroação de Aragorn em Gondor, e deixando sua filha aos cuidados dele, assim, ele toma para o oeste junto dos demais de seu povo, e dois pequeninos convidados para retornar as terras de seus ancestrais, e dando um fim para a era dos elfos na Terra-Média.

Adaptações para as telonas

Imagem retirada da animação O Senhor dos Anéis (1978). Elrond.

Elrond foi um dos personagens mais apareceu dentro do universo de Tolkien, tendo animações, jogos, filmes e agora a série.

Em 1977, foi lançado a animação de O Hobbit, onde teve como sua voz o ator Cyril Ritchard (Capitão Gancho na Broadway de Peter Pan em 1954). No ano seguinte, em 1978, tivemos outra adaptação animada, agora de O Senhor dos Anéis, dublado pelo ator André Morrel (Ben-Hur de 1959). E em 1980, a última adaptação animada O Retorno do Rei, que foi dublado por Paul Frees (conhecido mundialmente como o homem das mil vozes). Uma curiosidade a respeito dos outros dois atores anteriores que fizeram a voz do personagem, é que ambos morreram após o término do trabalho de dublagem, por isso da mudança frequente da voz do personagem.

Outra produções foram criadas entre esses anos, porém poucas conhecidas e de pouca força. Carl Hague interpretou Elrond na produção de rádio de 1979 da National Public de O Senhor dos Anéis. Hugh Dickson interpretou o personagem na série da BBC Radio de 1981 de O Senhor dos Aneis. Houve também uma minissérie de televisão finlandesa de 1993 chamada Hobitit, onde o elfo é interpretado por Leif Wager e uma outra adaptação, porém musical em Toronto de 2006 O Senhor dos Anéis, Elrond é interpretado por Victor A. Young.

Agora falando de uma das adaptações mais famosa e conhecida dentro do planeta Terra, isso se não no universo inteiro, a trilogia de Peter Jackson que arrecadou 17 oscars e levou a franquia a um patamar que até os dias de hoje são considerados metas para todos que querem chegar a perfeição de uma produção.

O 1º filme foi lançado em 2001, lá Elrond foi interpretado por um dos mais brilhantes atores de sua geração, Hugo Weaving (Agente Smith em Matrix, V em V de Vingança, Caveira Vermelha em Capitão América: O Primeiro Vingador e Tadeu Valentim em Máquinas Mortais), e volta no personagem nos filmes subsequentes, até mesmo na trilogia de O Hobbit. Não há como falar desse personagem sem lembrar da brilhante atuação de Hugo, sendo considerado pelos fãs como um dos seus maiores papéis. Muitos ainda dizem que ele nasceu para interpretar Elrond.

Agora, temos uma nova adaptação feita pela Amazon Prime, onde o personagem será interpretado por Robert Aramayo, que está tendo seu primeiro e maior papel de destaque, porém, ele já vem de longa data como ator, mesmo sendo jovem, tendo feito uma ponta em Game of Thrones no papel de Eddard Stark.

Entretanto, muitos fãs acabaram criticando a escolha do ator, achando que ele não tem um semblante do elfo que Hugo fez, dando um certo ranço para muitos, mas, com o passar do tempo, e com novas informações, o público começou a aceitar essa mudança visual do elfo, ainda sim, apenas com o decorrer dos episódios é que teremos a ideia original de como ele se comportará, e se vai realmente ofuscar a sombra de seu antecessor para poder brilhar no papel de Elrond.

A série contará com 8 episódios, sendo que os dois primeiros serão lançados hoje (1), às 22 horas, para alguns lugares do mundo, e para nossa sorte, o Brasil é um desses. Mas, sua data oficial é no dia 2 de setembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.