8 de julho de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Crítica | Baymax! Uma série divertida e educativa

3 min read

A plataforma Disney+ está sempre aumentando seu catalogo, onde podemos ter um certo conforto em questão de produções para toda a família. Ainda que recentemente a mesma tenha mudado um pouco a configuração para expor um conteúdo de faixa etária mais alta, mesmo assim, não colocando nada que possa tirar o conforto de segurança que ela sempre proporcionou em seus produtos.

Indo nesse caminho, ela lançou um novo produto que segue a risca esse requisito de “para toda a família”. A série Baymax!, é uma das belezas que a Disney tem a nos oferecer, um conteúdo bonito, divertido e o mais importante que eu percebi nessa obra, educação.

Vale ressaltar que esse personagem é do filme Operação Big Hero de 2014, e fez um grande sucesso na época tendo até em seu portfólio duas outras séries animadas que podem estar sendo conferidas na plataforma da Disney Plus.

História

Baymax é o agente pessoal de saúde de Hiro, um dos protagonistas da obra em um todo, porém, enquanto o jovem cuida de sua vida pessoal, o grandalhão fofinho circula pela cidade, buscando ajudar outras pessoas que necessitam de seus cuidados, algo que marca e muito essa série. Com seu jeito de um bom samaritano (algo que ele foi programado a fazer), ele se aproxima de pessoas e animais aleatoriamente, que estejam precisando de algum cuidado médico, ou ajuda de certo conforto, tanto físico quanto mental. Mas o que ele não esperava, é que ele necessitasse de ajuda, algo que se destaca com o passar da história, onde ele constrói belas amizades que podem ser fundamentais para ele.

Análise

A primeira temporada é bem curta, contando apenas com 6 episódios e com uma média de 10 minutos (na realidade um pouco menos, já que eles encistem em colocar longos créditos finais em suas produções), fora isso, ela entrega algo que precisa ser analisado e pensado com um carinho que ela própria tem com seu público, onde ela oferece um material divertido, fofo, amoroso e sem dúvidas educativo, tudo muito bem calculado na medida certa para um público-alvo: crianças entre 7 e 12 anos, mas adultos também podem ser inspirados com esse rico tapa de ensinamento do dia a dia.

Uma coisa que venho pensando desde que terminei de assistir esse curta, é o quão importante seria se essa série fosse passada e usada nas salas de aula, onde certa situações corriqueiras que podem passar com qualquer um, seja muito importante para a compreensão e indicação do funcionamento das coisas e como agir. Dois dos exemplos que podemos citar é as alergias e intolerâncias a alimentos e a necessidade de os idosos também praticam exercícios para uma melhor qualidade de vida, é demonstrado pela trama de maneira bem detalhada pelo agente de saúde, colocando desde o problema até a solução do mesmo. Com toda certeza, vou estar apresentando essa animação para minha filha, mostrando e educando ela para situações que serão normais para ela com o passar do tempo, tenho que parabenizar a roteirista Julia Fitzmaurice e o criador Don Hall, que conseguiram ter essa sensibilidade de trazer esses pequenos arcos da história para o público.

Se você tem alguma dúvida sobre essa animação, posso afirmar com toda a certeza que você terá um choque de realidade, mas de maneira fofa e bem estruída pelo Agente de Saúde mais carismático de todos os tempos. A única coisa que talvez possa reclamar é o tempo e pouca quantidade de episódios, que em meia hora ou um pouco mais, você pode estar assistindo e terminando de saborear essa bela animação. Fico na torcida para que tenha mais temporadas, para que possam estar abordando temas ainda mais interessantes e marcantes do nosso dia a dia.

Nota: 10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.