1 de agosto de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Jun | Uma história sensível sobre se encontrar

3 min read
jun pipoca e nanquin

Keum Suk Gendry-Kim é uma quadrinista sul-coreana já conhecida, principalmente pela sua obra Grama, na qual narra a história real da sul-coreana Ok-sun Lee, vendida pela própria família na infância e forçada à escravidão sexual pelo Exército Imperial Japonês.

Já em Jun, Keum Suk nos apresenta a história real de Jun Choi, um jovem autista detentor de um coração tão puro, onde a música faz sua morada e o ajuda em seu processo de desenvolvimento. Foi durante as aulas de música tradicional coreana que Keum Suk conheceu e se encantou pelo jovem Jun e decidiu que contaria sua história de vida por meio dos quadrinhos.

O jovem possui uma trajetória de vida marcada por preconceitos e momentos de solidão, porém isso encontra contraste com muitos momentos de amor e superação. A escolha da autora em contar sua história inspira em todos, mas principalmente naqueles que possuem ou conhecem pessoas nas mesmas condições que às dele, simpatia e encorajamento a nos superarmos sempre.

Momentos marcantes

Em Jun, vamos acompanhar a história sob o ponto de vista da irmã, que toma para si a missão de cuidar do irmão mais velho. Muito interessante como a obra não romantiza os momentos complicados na vida do jovem. Vemos alguns episódios de sua vida muito marcantes, como o preconceito das pessoas julgando no trem, ou a forma como a própria escola pode acabar dificultando mais a situação, e em piores casos, como a família reage.

A autora também narra como a música foi introduzida em sua vida. Jun sempre viu música em sua vida inteira. No trem, ao prestar atenção nos sons que cada estação e linha possuíam e sendo cada um único, o jovem sabia dizer qual estação se encontravam, apenas ouvindo. Ou como Jun adorava ventiladores, pelo simples som que eles faziam.

Portanto foi nas aulas de música tradicional coreana que Jun realmente se desenvolveu. Mais especificamente, no Pansori, estilo musical folclórico coreano, que basicamente consiste em uma pessoa contando uma história que intercala entre partes narradas, entoadas e cantadas, enquanto toca um instrumento, no caso de Jun, ele passou a usar um piano.

Um quadrinho para todos

Jun - Pipoca & Nanquim

Por ser um quadrinho baseado em fatos reais e que se trata de alguém que ainda está vivo, qualifica a obra como de extrema relevância sobre o tema do espectro do autismo. Além de ser um tema que que deveria ser cada vez mais discutido para que todos possam ter conhecimento do assunto.

Jun foi publicado pela Editora Pipoca e Nanquim e trás delicadeza e trás à luz um tema pouco discutido, crianças com Transtorno do Espectro Autista. Esse quadrinho é importantíssimo para desenvolver empatia em pessoas que talvez nunca tenham tido contado com pessoas assim. Diria ainda ser uma obra à ser passada em escolas, para ensinar as crianças sobre o tema logo cedo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.