20 de agosto de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

SANDMAN | Um Sonho de Mil Gatos: Sonhos moldam a realidade!

3 min read
um sonho de mil gatos sandman

 

Pegando todos de surpresa, a Netflix lançou um episódio extra de Sandman na última sexta-feira (19), adaptando mais dois contos escritos por Neil Gaiman: Um Sonho de Mil Gatos e Calíope. Nos quadrinhos, a publicação foi inversa.

Nos quadrinhos, que originaram a série, o Sonho dos Perpétuos não é necessariamente o protagonista de todas as suas histórias, como podemos perceber em A Casa de Bonecas, arco anterior, que abrange toda a segunda metade de série. Então é interessante notar como Gaiman vai pincelando a história do Sandman utilizando de diferentes personagens e pontos de vista, para no final acrescentar mais peso e importância aos personagens já apresentados.

Portanto, tanto em Calíope quanto em Um Sonho de Mil Gatos, Morfeus é só uma peça na narrativa. Um peça extremamente importante, mas somente uma peça.

Narrando para uma pequena multidão de gatos que se reuniram para ouvi-la, vamos descobrir sua história, da gata de raça rara que se apaixona por um gato sem raça definida de rua. E do fruto dessa paixão nascem seus filhotes, e no mesmo instante ela já sonha sobre ensiná-los a caçar, se limpar, afinal, ela própria não conheceu sua mãe e não quer que seus filhos cresçam da mesma forma. Entretanto, seus donos tem outros planos, porque uma gata de raça com filhotes vira-latas não vale nada, então seu dono leva seus filhos embora.

Em seus sonhos, a gata conversa com Morfeus, que mostra a ela um mundo antes governado pelos gatos, com humanos como seus servos. Isso tudo muda quando um único humano convence os demais a sonharem com o mundo diferente. E isso não muda do dia para noite, muda por completo e reescreve a história até então.

Assim, a gata toma para si a missão de convencer os gatos do mundo a sonharem com um mundo no qual nenhum gato sofrerá o que ela própria sofreu, e que se pelo menos mil gatos tiverem o mesmo sonho, talvez o mundo mude.

Em Um Sonho de Mil Gatos, Gaiman utiliza o conto para mostrar a importância do reino do Sonhar, o qual Morfeus é seu soberano, e como os sonhos podem afetar o mundo real. É quase como se o exato oposto da realidade, o sonho, ou o paralelo entre o mundo material e o imaterial se afetassem. O mundo real afetando o sonhar, e os sonhos dos humanos afetando o mundo real.

Essa história é linda e muito sensível. Gaiman trás à tona como a humanidade pode mudar o mundo se ao menos os sonhos fossem compartilhados e iguais, colocando o egoísmo de lado. A Netflix adaptou o episódio belissimamente, em formato de animação, que casou perfeitamente com o tom que a história exigiria. Espero que mantenham essa mesma ideia para os contos que existem nos quadrinhos serem adaptados no futuro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.