8 de fevereiro de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Premiações | Ataque dos Cães lidera as indicações do Oscar; confira a lista

5 min read
Oscar 2022

A ansiedade acabou. Na manhã desta terça-feira (8), Leslie Jordan (Estados Unidos vs. Billie Holiday, de 2021) e Tracee Ellis-Ross (Black-ish, desde 2014) anunciaram os indicados à 94ª edição do Academy Awards pelo canal oficial da Academia. Se o BAFTA já havia mexido com as estruturas de Hollywood na semana passada, o Oscar se mostrou ainda mais chocante com algumas indicações – e, principalmente, com quem deixou de fora. A cerimônia mais esperada da temporada de premiações acontecerá no dia 27 de março, no tradicional Dolby Theatre em Hollywood, na Califórnia, e, pela primeira vez em quatro anos, a premiação terá um único apresentador, que ainda não foi revelado.

Como já era esperado, Ataque dos Cães recebeu 12 indicações, liderando a premiação, mas, antes mesmo das estatuetas chegarem, o filme já está fazendo história na premiação. A diretora do filme, Jane Campion, se tornou a primeira mulher com duas indicações na categoria de direção da história do Oscar. Outro momento histórico foi o documentário Flee se tornar o primeiro longa-metragem a ser indicado nas categorias de “Melhor Documentário”, “Melhor Filme Internacional” e “Melhor Animação” no mesmo ano.

Ataque dos Cães

Outra surpresa foi a falta de Lady Gaga na lista de indicadas a “Melhor Atriz”. A artista era uma das mais cotadas, principalmente depois do BAFTA, onde ela foi a única das favoritas que teve uma indicação no “Oscar Britânico”. Além da perfomance de Gaga, Casa Gucci ficou esquecido dentre os indicações, tendo sido lembrado apenas na categoria de “Melhor Cabelo e Maquiagem”.

Quanto aos outros indicados, Duna, com 10 indicações, está em segundo lugar e Belfast e Amor, Sublime Amor estão empatados em terceiro, com 7 estatuetas. Madres Paralelas, de Pedro Almodóvar, e O Beco do Pesadelo também surpreenderam por receberam nomeações que não haviam acontecido antes – como a presença de Penélope Cruz na corrida pelo prêmio de “Melhor Atriz”. Para saber quem são os concorrentes das outros categorias, confira a lista completa de indicações.

Melhor filme:

  • Belfast;
  • Não Olhe para Cima;
  • Drive My Car;
  • Duna;
  • Licorice Pizza;
  • Ataque dos Cães;
  • No Ritmo do Coração;
  • King Richard: Criando Campeãs;
  • O Beco do Pesadelo;
  • Amor, Sublime Amor.

 

Melhor direção:

  • Kenneth Branagh, por Belfast;
  • Ryûsuke Hamaguchi, por Drive My Car;
  • Jane Campion, por Ataque dos Cães;
  • Steven Spielberg, por Amor, Sublime Amor;
  • Paul Thomas Anderson, por Licorice Pizza.

 

Melhor atriz:

  • Jessica Chastain, por Os Olhos de Tammy Faye;
  • Olivia Colman, por A Filha Perdida;
  • Penélope Cruz, por Mães Paralelas;
  • Nicole Kidman, por Apresentando os Ricardos;
  • Kirsten Stewart, por Spencer.

 

Melhor ator:

  • Javier Bardem, por Apresentando os Ricardos;
  • Benedict Cumberbatch, por Ataque dos Cães;
  • Andrew Garfield, por Tick, tick… Boom!;
  • Will Smith, por King Richard: Criando Campeãs;
  • Denzel Washington, por A Tragédia de Macbeth.

 

Melhor atriz coadjuvante:

  • Jessie Buckley, por A Filha Perdida;
  • Ariana DeBose, por Amor, Sublime Amor;
  • Judi Dench, por Belfast;
  • Kirsten Dunst, por Ataque dos Cães;
  • Aunjanue Ellis, por King Richard: Criando Campeãs.

 

Melhor ator coadjuvante:

  • Ciarán Hinds, por Belfast;
  • Troy Kotsur, por No Ritmo do Coração;
  • Jesse Plemons, por Ataque dos Cães;
  • J.K. Simmons, por Apresentando os Ricardos;
  • Kodi Smit-McPhee, por Ataque dos Cães.

 

Melhor filme internacional:

  • Drive My Car – Japão;
  • Flee – Dinamarca;
  • A Mão de Deus – Itália;
  • A Felicidade das Pequenas Coisas” – Butão;
  • A Pior Pessoa do Mundo – Noruega.

 

Melhor roteiro adaptado:

  • Siân Heder, por No Ritmo do Coração;
  • Ryûsuke Hamaguchi, por Drive My Car;
  • Eric Roth, Jon Spaihts e Denis Villeneuve, por Duna;
  • Maggie Gyllenhaal, por A Filha Perdida;
  • Jane Campion, por Ataque dos Cães.

 

Melhor roteiro original:

  • Kenneth Branagh, por Belfast;
  • Adam McKay, por Não Olhe para Cima;
  • Zach Baylin, por King Richard: Criando Campeãs;
  • Paul Thomas Anderson, por Licorice Pizza;
  •  Joachim Trier e Eskil Vogt, por A Pior Pessoa do Mundo.

 

Melhor figurino:

  • Jenny Beavan, por Cruella;
  • Massimo Cantini Parrini e Jacqueline Durran, por Cyrano;
  • Jacqueline West e Robert Morgan, por Duna;
  • Luis Sequeira, por O Beco do Pesadelo;
  • Paul Tazewell, por Amor, Sublime Amor.

 

Melhor trilha sonora original:

  • Nicholas Britell, por Não Olhe para Cima;
  • Hans Zimmer, por Duna;
  • Germaine Franco, por Encanto;
  • Alberto Iglesias, por Madres Paralelas;
  • Jonny Greenwood, por Ataque dos Cães.

 

Melhor animação:

  • Encanto;
  • Flee;
  • Luca;
  • A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas;
  • Raya e o Último Dragão.

 

Melhor curta-metragem animado:

  • Affairs of the Art;
  • Bestia;
  • Boxballet;
  • A Sabiá Sabiazinha;
  • The Windshield Wiper.

 

Melhor curta-metragem em live action:

  • Take and Run;
  • The Long Goodbye;
  • The Dress;
  • On My Mind;
  • Please Hold.

 

Melhor documentário:

  • Acension;
  • Attica;
  • Flee;
  • Summer of Soul (…ou, Quando a Revolução Não Pode Ser Televisionada);
  • Writing with Fire.

 

Melhor curta-metragem documentário:

  • Audible;
  • The Queen of Basketball;
  • Lead Me Home;
  • Três Canções para Benazir;
  • When We Were Bullies.

 

Melhor edição de som:

  • Denise Yarde, Simon Chase, James Mather e Niv Adiri, por Belfast;
  • Mac Ruth, Mark Mangini, Theo Green, Doug Hemphill e Ron Bartlett, por Duna;
  • Simon Hayes, Oliver Tarney, James Harrison, Paul Massey e Mark Taylor, por 007: Sem Tempo para Morrer;
  • Richard Flynn, Robert Mackenzie e Tara Webb, por Ataque dos Cães;
  • Tod A. Maitland, Gary Rydstrom, Brian Chumney, Andy Nelson e Shawn Murphy, por Amor, Sublime Amor.

 

Melhor canção original:

  • “Be Alive”, de Beyoncé para King Richard: Criando Campeãs;
  • “Dos Oruguitas”, de Sebastian Yatra para Encanto;
  • “Down to Joy”, de Van Morrison para Belfast;
  • “No Time to Die”, de Billie Eilish para 007: Sem Tempo Para Morrer;
  • “Somehow You Do, de Reba McEntire para Four Good Days.

 

Melhor maquiagem e cabelo:

  • Mike Marino, Stacey Morris e Carla Farmer, por Um Príncipe em Nova York 2
  • Nadia Stacey, Naomi Donne e Julia Vernon, por Cruella;
  • Donald Mowat, Love Larson e Eva von Bahr, por Duna;
  • Linda Dowds, Stephanie Ingram e Justin Raleigh, por Os Olhos de Tammy Faye;
  • Göran Lundström, Anna Carin Lock e Frederic Aspiras, por Casa Gucci.

 

Melhores efeitos visuais:

  • Paul Lambert, Tristan Myles, Brian Connor e Gerd Nefzer, por Duna;
  • Swen Gillberg, Brian Grill, Nikos Kalaitzidis e Dan Sudick, por Free Guy: Assumindo o Controle;
  • Charlie Noble, Joel Green, Jonathan Fawkner e Chris Corbould, por 007: Sem Tempo para Morrer;
  • Christopher Townsend, Joe Farrell, Sean Noel Walker e Dan Oliver, por Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis;
  • Kelly Port, Chris Waegner, Scott Edelstein e Dan Sudick, por Homem-Aranha: Sem Volta para Casa.

 

Melhor fotografia:

  • Greig Fraser, por Duna;
  • Ari Wegner, por Ataque dos Cães;
  • Dan Laustsen, por O Beco do Pesadelo;
  • Bruno Delbonnel, por A Tragédia de Macbeth;
  • Janusz Kaminski, por Amor, Sublime Amor.

 

Melhor montagem:

  • Hank Corwin, por Não Olhe para Cima;
  • Joe Walker, por Duna;
  • Pamela Martin, por King Richard: Criando Campeãs;
  • Peter Sciberras, por Ataque dos Cães;
  • Myron Kerstein e Andrew Weisblum, por Tick, tick… boom!.

 

Melhor direção de arte:

  • Patrice Vermette e Zsuzsanna Sipos, por Duna;
  • Tamara Deverell e Shane Vieau, por O Beco do Pesadelo;
  • Grant Major e Amber Richards, por Ataque dos Cães;
  • Stefan Dechant e Nancy Haigh, por A Tragédia de Macbeth;
  • Adam Stockhausen e Rena DeAngelo, por Amor, Sublime Amor.

1 thought on “Premiações | Ataque dos Cães lidera as indicações do Oscar; confira a lista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.