18 de maio de 2022

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Primeiras Impressões | Bel-Air definitivamente não é Um Maluco no Pedaço!

3 min read
Bel-Air série Star+

A primeira temporada de Bel-Air chegou hoje (18) ao catálogo do Star+. Com 10 episódios de mais ou menos uma hora cada, a trama se propõe a recriar a história de Um Maluco no Pedaço, dessa vez deixando as piadas de lado e partindo para um drama denso e profundo, onde Will (Jabari Banks) se vê em uma enrascada perigosa e cheia de conflitos.

Lembrando bastante o clima de Olhos que Condenam, minissérie da Netflix, Bel-Air mostra o protagonista se envolvendo em problemas com uma gangue local da Filadélfia, onde passa a correr perigo de vida, sendo forçado por sua mãe a buscar refúgio com seus tios ricos, que moram em Los Angeles. A partir disso, a narrativa se divide entre Will tendo que lidar com os problemas que deixou para trás, mas que ainda o perseguem, e com o fato de estar em um lugar que não é seu lar, tendo que reiniciar sua vida sem deixar de lado suas raízes e desejos.

De início, após assistir ao 1º episódio, já se nota o quão diferente as duas tramas são. Logo, se você espera ver algo similar à série clássica, é melhor abandonar essa ideia de cara, ou pode se decepcionar. A nova produção respeita o material original, mas não tem nenhum medo de ser feliz em agregar camadas narrativas ao enredo, enriquecendo seus personagens e atualizando a obra para os dias atuais. Na verdade, além de utilizar o background de sua antecessora, praticamente nenhum outro artificio é reciclado neste roteiro, que reapresenta todos os personagens de maneira sutil, demonstrando que sim, são os que conhecemos e nos afeiçoamos, mas estão em um universo completamente novo.

Seja Hilary (Coco Jones) como uma digital influencer ligada em moda e gastronomia, Ashley (Akira Akbar) como a caçula inteligente e ativista, e Carlton (Olly Sholotan) sendo o filho rico, mimado e mesquinho, percebemos o cuidado que o reboot teve ao reler seus personagens, os aprimorando, mas sem torná-los figuras irreconhecíveis aos mais saudosistas.

Família Banks de Bel-Air
Família Banks de Bel-Air

Apesar do clima tenso, os alívios cômicos estão presentes e aparecem sempre de maneira precisa, arrancando risadas do espectador em momentos-chave. A narrativa também se preocupa em deixar claro a ideologia a qual levanta bandeira, utilizando da cultura negra como fator importante para o desenvolvimento de seus personagens e como engrenagem motriz para seus acontecimentos.

Ao longo dos 9 episódios restantes, baseado no que sabemos sobre a história, ainda devemos ver muito mais acontecimentos interessantes. Com plots que podem e devem ser muito bem trabalhados e com uma grande carga emocional, Bel-Air ainda tem muito a nos oferecer, mas de cara já conseguiu o feito de chamar atenção, mesmo carregando o fardo pesadíssimo de recontar uma história adorada.

A primeira temporada da série está disponível no Star+, com 10 episódios.

Não deixe de conferir:

Um Maluco no Pedaço: A Reunião é a produção mais preciosa do HBO Max

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.