7 de dezembro de 2021

Nerd Cult News

O seu blog preferido de Cultura Pop

Por que La Casa de Papel fez tanto sucesso?

2 min read

La Casa de Papel é um fenômeno mundial e isso não é segredo nenhum, entretanto, uma série espanhola, que iniciou seu trajeto como uma produção local, com transmissão do canal Antena 3, para uma audiência nacional, ter se transformado em uma das produções mais populares do mundo, isso sim é uma tremenda novidade.

A Netflix percebendo o sucesso local do seriado, não perdeu tempo, adquiriu os direitos e começou a transmitir pelo seu serviço de streaming em 2017. Em 2018, La Casa de Papel desbancou Stranger Things, que era a TOP 1 da Netflix, se tornando a série mais assistida dos EUA em língua não-inglesa, com isso, puxou várias outras séries espanholas, como por exemplo, Vis a Vis.

Agora vamos analisar alguns pontos, para tentarmos chegar em uma conclusão sobre o sucesso de La Casa de Papel.

Identidade Visual

De cara — pelo perdão do trocadilho —, podemos citar a identidade visual adotada pela produção. Hoje em dia, é bastante comum vermos por aí pessoas utilizando um macacão vermelho e a máscara de Salvador Dali, itens simples, mas que conquistaram o coração do público. O carnaval brasileiro tá aí de prova. Milhares de pessoas utilizaram a fantasia dos ladrões ao longo do feriado.

Personagens Carismáticos

Os personagens foram desenvolvidos com um carisma absurdo — tirando o Arturito — e esse é o ponto mais importante. Conhecer suas histórias de vida, seus defeitos e cometendo erros faz com que nos afeiçoemos a eles, gerando empatia.

Roteiro Inteligente

Com ótimos ganchos e um roteiro caprichado, cada temporada que se passava mantinha a pergunta fundamental “como eles vão sair dessa?”.  Todos os planos do Professor eram inteligentes e muito bem amarrados na trama, o que nos fez pensar que era realmente possível aquilo acontecer na vida real. Elena Neira, professora de comunicação na UOC (Universidade Aberta da Catalunha, na sigla em catalão), quando questionada sobre o sucesso do seriado ao redor do mundo, disse algo que resume muito bem a saga: “uma história muito universal, que é a luta entre os bons e os maus, onde os bons não são quem parecem ser e os maus não são tão maus como parecem”.

 

Por mais fictício que seja, o roteiro surreal acabou por acertar em cheio no imaginário popular, criando não só identificação com os personagens, como também identificação com seus ideais e respeito pelas suas dores. Apesar de ter chegado ao fim, La Casa de Papel é uma série que deve perdurar no coração dos serienáticos, entrando no top como uma das novas produções com potencial para se tornarem clássicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Uma empresa criadora de conteúdos nerds e agora também um clube de assinatura.